Avançar para o conteúdo principal

Bibliografia- 1º Centenário do selo Postal de Angola


Fig.1- Suplemento do Boletim dos CTT de Angola de Dezembro de 1970

Comentários

MaisPopulares

Selos Postais 2015-Colónias Portuguesas, 7ª Edição, Mundifil.

Catálogo de Selos Postais das Colónias Portuguesas

Angola-O mapa azul escuro de 4$00, CE. 384 de 1955

Desde 1955 (1) que já era conhecido este erro e a informação da existência de  pelo menos 7 folhas completas com este erro.
No catálogo do Simões Ferreira de 1977, já estava catalogada esta variedade mas  sem qualquer cotação. 
Em 1994 o catálogo especializado da Afinsa tinha esta variedade catalogada mas sem cotação. Já em 2002, surge a cotação, pela primeira vez, de 19,95€. Decorridos mais seis anos e a cotação foi actualizada, aproximadamente, para o dobro, continua a ser um erro mal cotado tendo em conta o número reduzido de exemplares conhecidos.
No catálogo de 2011 dos Selos Postais de Angola já aparece a cotação de 200€, tanto em usado como em novo.

Na figura 2 temos um dos poucos exemplares conhecidos do mapa azul escuro usado, penso que este erro/variedade é mais raro em usado do que em novo.
No catálogo (Mundifil) de 2015 a cotação foi actualizada para 210€.No catálogo de 2019 a cotação é de 300€.


No catálogo da XI Mostra Filatélica das Festas de Nossa Senhora do Monte (Sá da Ban…

Angola-carimbo mudo circular de 8 barras

Na província de Angola no início da circulação do selo postal, os selos eram obliterados com um carimbo mudos de oito, ou quatro, barras paralelas, simetricamente dispostas em relação a um diâmetro. Impressas geralmente a preto, e também a azul, encontram-se a anular os selos tipo Coroa e, mais raramente, os das emissões seguintes. Ao lado aparecia a marca do dia com o nome da localidade e a data do mesmo. No catálogo da 3ª Exposição Filatélica do Quanza-Sul (Novo-Redondo) em 1965, na página 91 é dada a conhecer as coleções de «70 folhinhas» com diferentes carimbos que foram editados pela empresa Publicações Imbondeiro por ocasião do IX Dia do Selo (1-12-1963). 


Alguns desses carimbos foram reproduzidos no catálogo do 1º Centenário do Selo Postal de Angola.

Em 1970 o suplemento do boletim dos CTT  foi o catálogo do primeiro centenário do selo postal em Angola que continha um artigo dedicado à marcofilia angolana, mas os autores não conseguiram identificar nenhum dos carimbos mudos.
O coro…

Angola-franquia mecânica "Cabinda Gulf Oil Company", tipo II, N.º75

O Decreto n.º41180, de 9 de julho de 1957, publicado no Diário do Governo, I série-número 154, é constituída a sociedade Cabinda Gulf Oil Company e requerem ao Ministério do Ultramar a concessão exclusiva de pesquisas e exploração de jazigos de carbonetos de hidrogénio e produtos afins no distrito de Cabinda. "As nossas actividades de exploração e de produção começaram em 1954 quando a CABGOC realizou o primeiro estudo geológico de campo. Quatro anos mais tarde, em Ponta Vermelha inaugurou-se o primeiro poço em terra. Em 1966 realizou-se a nossa primeira descoberta offshore no Campo de Malongo seguindo-se a nossa primeira extracção em 1968."
Mostramos, de seguida, uma franquia do tipo II, agora da empresa Cabinda Gulf Oil Company(CABGOC), com o título de licença N.º75 (máquina 016), sem publicidade. Até ao momento não conhecemos nenhum exemplar desta franquia com publicidade desta multinacional.

______________________________________________
(1)PEREIRA, J. Campos (1975). &…

Angola - Marcas postais de Quiculungo

"Quiculongoatual Conc. do Dist. de Cuanza Norte (Dec. 50/71, de 23/2/1971-B.O. 57). Por P.P. 78, de 18/5/1917 (B.O.17) foi criado o Posto militar de Calandula que passou a denominar-se Posto de Quiculungo e a pertencer, como Posto civil, a Ambaca, por Port. 1527, de 3/11/1934 (B.O.44). A pov. de Quiculungo que deu o nome ao Posto e, actualmente, ao Conc., era já muito importante, comercialmente, em 1915."(1)  "Quiculungo: Pov. comer. de 4.ª, do Posto do mesmo nome com sede em Bolongongo, conc. de Ambaca, dist. do Cuanza Norte, com. do Congo, dioc. de Luanda. C.T.T.:Estação Postal de 3ª classe, T.P. de 3ª em Bolongongo e Est. de 1ª em Camabatela com todos os serviços. Camabatela-Quiculungo. Luanda 363 Kms, Salazar 147, Carmona 160, Camabatela 60, Bolongongo 10, Lucala C. de Ferro 120."(2)
A consulta do boletim oficial de Angola revelou-nos a data do alvará n.º4- criação da estação Postal- no B.O. N.º47, de 21 de novembro de 1945.

Em janeiro de 1946, foi publicada, no B. O.…

Angola- Guerra Colonial

Sobrescrito circulado com selos de $10, $30, $50 e 1$50, Mf-381, 412, 417, 437, 482, obliterados com Marca muda oval de 9 barras usado no Golungo Alto em 1964-65, circulado para Portugal com Flâmula Patriótica "Pátria, Família e Trabalho" e Esfera Armilar. 

Falsificações dos selos tipo Coroa de Angola por François Fournier

Angola- franquia mecânica da Navetur, tipo III, N.º128

O Grupo C.U.F. em 1974 detinha um grande número de empresas ligadas às mais variadas áreas. Uma destas áreas estava ligada à navegação, com muitas empresas, em Angola chamava-se NAVETUR – Agências de Turismo e Transportes de Angola (1971). 



Cabo Verde- Ribeira das Patas

Ribeira das Patas:Ilha de Santo Antão, Concelho de Paul, Freguesia de São João Baptista. Estação postal de 2ª classe (1953). (1) No livro do Félix Guillamón de 2009 o autor tem catalogada esta marca da seguinte maneira: "Nº16 - Duplo círculo 29/18mm. Data com mês e ano abreviados. Só aparece como marca de trânsito. Raridade: (RR)" (2)





Mostro de seguida uma imagem de um selo obliterado com a marca do dia da Ribeira das Patas de 25 de Maio de 1908. A data mais antiga é corrigida para o ano de 1908 (ERD - 02.12.10) e a marca deixa de ser apenas de trânsito.

Existe, ainda,  outra marca de dia da Ribeira das Patas mais recente, não catalogada, e usada como marca de trânsito.

Imagem de um sobrescrito vendido num leilão.
-----------------------------------------
Bibliografia:
(1) Lereno, Álvaro. Dicionário corográfico do Arquipélago de Cabo Verde, Lisboa.Agência Geral do Ultramar, 1952.
(2)Guillamón, Félix (2009).Marcas Postales de Cabo Verde-1877-1940, Málaga.