Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

CABO VERDE-Estação Postal de S. Jorge (Ilha do Fogo)

S. Jorge(Crioulo cabo-verdiano, ALUPEC: San Jorji) é uma povoação do Concelho do Fogo, Freguesia de São Lourenço. Estação postal de 2ª classe.

A estação postal de S. Jorge abriu em janeiro de 1913, como foi indicado na obra Marcas Postales de  Cabo Verde (1). Sobre esta estação Félix Guillamón refere que não conhece qualquer marca postal desta localidade.
A figura-1 demonstra que em setembro de 1912 já existia a estação de S. Jorge, a data de abertura será uma data entre 1904 e 1912, uma vez que em 1904 não constava da lista das estações postais de Cabo Verde.
Sobre o movimento postal em (1) temos que em 1935, foram expedidos 247 objetos postais, recebidos 1051, 7 em trânsito num total de 1305 objetos postais e sem nenhuma encomenda postal. Já em 1935 foram expedidos 72 objetos, recebidos 574, 33 em trânsito num total de 689, uma grande redução.Em 1965 apenas foram expedidos 54 objetos postais, o que mostra a razão de ser quase impossível encontrar algum destes objetos expedidos.
São mai…
Mensagens recentes

Angola - Marcas postais de Quiculungo

"Quiculongoatual Conc. do Dist. de Cuanza Norte (Dec. 50/71, de 23/2/1971-B.O. 57). Por P.P. 78, de 18/5/1917 (B.O.17) foi criado o Posto militar de Calandula que passou a denominar-se Posto de Quiculungo e a pertencer, como Posto civil, a Ambaca, por Port. 1527, de 3/11/1934 (B.O.44). A pov. de Quiculungo que deu o nome ao Posto e, actualmente, ao Conc., era já muito importante, comercialmente, em 1915."(1)  "Quiculungo: Pov. comer. de 4.ª, do Posto do mesmo nome com sede em Bolongongo, conc. de Ambaca, dist. do Cuanza Norte, com. do Congo, dioc. de Luanda. C.T.T.:Estação Postal de 3ª classe, T.P. de 3ª em Bolongongo e Est. de 1ª em Camabatela com todos os serviços. Camabatela-Quiculungo. Luanda 363 Kms, Salazar 147, Carmona 160, Camabatela 60, Bolongongo 10, Lucala C. de Ferro 120."(2)
A consulta do boletim oficial de Angola revelou-nos a data do alvará n.º4- criação da estação Postal- no B.O. N.º47, de 21 de novembro de 1945.

Em janeiro de 1946, foi publicada, no B. O.…

Correio Ferroviário- Marca do CFB (3)

Vouga (VGA)-Km 604,
Medidas da cercadura: 26mm x 9 mm
grau de raridade: 4 (1)


______________________
(1)CORREIA, Elder. História Postal de Angola (3): Condução de cartas de estação a estação pelos condutores dos comboios , boletim do CFP N.º 382:26-32.

Macau, selo nº135 com variedade cliché

Angola-Variedades cliché do selo N.º3, a coroa de 20 reis.

Variedades e sua localização numa das pranchas onde era montada a folha:


(1:2) canto inferior esquerdo



(2:2) canto inferior direito





(2:3) fenda no «S» de Reis


(2:4) canto superior direito



(3:4) canto superior direito


(5:1) fenda no quadro junto ao «2» 



(5:2) fenda quadro esquerdo






(5:3) canto superior esquerdo


Angola- variedades de Cliché do selo n.º1

Os selos coroa das ex-colónias foram impressos  em folhas de 28 selos (7x 4, linha x coluna), são conhecidas três tiragens, logo as variedades vão aparecer em posições distintas.
Sabe-se que após cada tiragem a prancha era desmontada para limpeza, e quando era feita nova encomenda de selos, à Casa da Moeda, ao ser montada a prancha as variedades apareciam em posições diferentes.. 
O selo de 5 réis já foi alvo de outros posts neste blogue, relativamente aos papeis, reimpressões, falsificações de Fournier e marca secreta.
Ao analisar os selos coroa de Angola, mundifil n.º1, verificamos que existem bastantes variedades de cliché.
Para já estão contabilizadas 10 variedades de cliché. Tendo em conta a folha de 28 selos, vamos utilizar a notação 1:4 para indicar a linha 1 e coluna 4, isto é o 4º selo da folha.


Variedades e sua localização numa das três pranchas onde era montada a folha:

(2:2)-ponto no quadro direito e fenda na suástica inferior esquerda.




(3:1)-fenda no quadro direito





(3:2)-fenda so…